13 de jan de 2011

Em uma cidade existem obras que aparecem para seus políticos e outras que servem para o povo.

Em uma cidade existem obras que aparecem para seus políticos e outras que servem para o povo. Quando as obras que servem a população são esquecidas em prioridade das que rendem votos para os políticos, toda a população sofre as consequências, exemplo disso é o caos das ultimas chuvas em Itamonte, onde os transtornos maiores foram causados pela não realização de obras públicas que poderiam melhorar a vida de toda população Itamontense, como redes fluviais descentes (os políticos não gostam de fazer já que essas obras ficam em baixo da terra e não aparecem), limpezas de bueiros. Outros graves problemas em Itamonte foram a construção de uma ponte para servir as novas fábricas que afunilou e represou as águas do Rio Capivari e a construção e aterramento de uma avenida que liga as fábricas ao Posto Búfalo servindo de dique para as águas), obras que poderiam ser melhores dimensionadas servindo os industriais e também a população. Tudo isso aumentou em muito o nível das águas, uma outra obra que poderia ter sido feita é a dragagem do Rio Capivari, o que não foi feito por administrações seguidas em nossa cidade, mas se olharmos em cidades como Itanhandu e Passa Quatro poderemos observar que há vários anos essas cidades já dragam seus rios, sem desculpas de que o IBAMA não aprova, com certeza os políticos daquelas cidades, estão dando exemplos bem melhores de boa administração que os sucessivos políticos de nossa cidade de Itamonte.

Um comentário:

Anônimo disse...

É lamentavel que exista seres humanos que ignoram, o "outro" como irmão , e é isto que vem acontecendo com os politicos de nossa cidade, que sabendo que obras publicas mal construidas poderiam afetar profundamente diversos moradores, prefiriram apostar mais em sua propria imagem.Fechar os ouvidos aos alertas que os cidadãos vinham tentando fazer culminou com o caos.Com relação a decisão do ibama em impedir a dragagem dos rio; ficam as perguntas:-Para onde estão indo todo o lixo retirado das enchentes ne onde fica os direitos humanos?